Notícias

Velocidade média da banda larga móvel brasileira cresce 17,5% em três meses

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A velocidade média da banda larga móvel brasileira no final de 2016 foi de 4,7 Mbps, segundo relatório State of the Internet da Akamai com informações da Ericsson divulgado nesta semana. No terceiro trimestre, o ranking mostrava o Brasil com velocidade média de 4 Mbps, o que significa que o País avançou 17,5% em apenas três meses.

Na América Latina, o País está a frente de Equador (4,4 Mbps), Uruguai (4,2 Mbps) e Argentina (4 Mbps), mas está atrás de Chile (5,9 Mbps), Colômbia (6,6 Mbps), México (7,6 Mbps) e Paraguai (8,3 Mbps). Por sua vez, Estados Unidos apresentou 7,9 Mbps, e o Canadá foi a maior média das Américas: 10,3 Mbps. Nas demais regiões, as maiores médias foram da Austrália (13,8 Mbps) na Ásia/Pacífico; Reino Unido (26,8 Mbps) na Europa; e Emirados Árabes Unidos (17,2 Mbps) no Oriente Médio/África.

No recorte com dados coletados com a métrica do monitoramento de usuário real (RUM, na sigla em inglês) da Akamai, a empresa mede a experiência de navegação da Web no celular. Os dados são coletados utilizando tempo de navegação (navtiming), que coleta informações com JavaScript diretamente do navegador – que não é compatível com Android antes da versão 4.0 e com o Safari, o principal browser de dispositivos iOS.

O Brasil registrou um tempo médio de carregamento de página de 4.827 ms em banda larga fixa e 7.391 ms em banda larga móvel, o que significa uma taxa de “penalidade móvel” de 1,5x – ou seja, o uso do dispositivo móvel acarreta em páginas carregando uma vez e meia com mais lentidão. O resultado é ligeiramente melhor do que o registrado no terceiro trimestre, quando o País contabilizou 4.949 ms em banda larga e 7.512 ms em móvel, mantendo a penalidade móvel em 1,5x.

Fonte: Teletime

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.